Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Valentine

um blog indefinido e mesclado como só ele sabe ser

O poder das pequenas coisas

 

 

  Este post começou por se chamar "Como aquecer o coração de uma miúda de 15 anos em 2011" e esteve nos meus rascunhos durante anos. Mudei o título porque finalmente percebi o que queria dizer com ele. Lembrei-me dele hoje porque vi os Vampire Weekend pela primeira vez a semana passada e estou a poucos meses de os ver novamente. Aqui vai:

 

  Em 2011, estava no 10º ano e achava-me a coisa mais intelectual e culta do mundo. Vestia-me com padrões florais e malhas antigas da minha mãe, sempre com os meus Ray-Ban Wayfarer castanhos. Era uma miúda feliz, super interessada no que me rodeava e com um fascínio por indie rock

 

  Em 2011, fiz 15 anos. O expoente máximo do meu dia foi um almoço de noodles de cogumelos, os nossos favoritos, com um balão preso à minha cadeira, em casa do meu ex-namorado. Era algo tão simples mas que encheu tanto. Ele ofereceu-me o Vampire Weekend, primeiro álbum homónimo dos Vampire Weekend, e eu fiquei ainda mais cheia. Porquê? 

 

  Ele já me tinha dado a entender que aquele presente era algo pensado com carinho e não um presente só porque sim. Confesso que, no momento inicial em que abri o presente, não desvendei logo este significado. Cheguei até a ficar um bocadinho desiludida. Até que percebi. 

 

  O Vasco ofereceu-me aquele CD porque eu tinha dito em conversa que, um dia, queria ter todos os meus álbuns favoritos em formato físico. E disse-me "Para começares a tua colecção", quando mo ofereceu. Foi por isso que gostei tanto deste presente e o recordo com tanto carinho. Ele ouviu-me. E ouvirmos com atenção as pessoas de quem gostamos é das melhores coisas que podemos fazer por elas. 

 

  Num mundo cheio de barulho, sejam como o Vasco e ouçam mais. 

 

1 comentário

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.