Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Valentine

um blog indefinido e mesclado como só ele sabe ser

Manual de Comunicação nas Redes Sociais

 

nordwood-themes-359015-unsplash.jpg

 

 

  Como já mencionei anteriormente, trabalho em redes sociais. O meu dia a dia  roda entre o Facebook, o Instagram e o Twitter como ferramenta de trabalho. Sim, sou aquela pessoa que responde a comentários e mensagens em nome do cliente. Este post é algo já pensado há algum tempo e, mesmo sabendo que não vai atingir as pessoas a quem me refiro, achei de uma urgência peculiar. 

 

  Eu lembro-me de ter aprendido a escrever uma carta na primária. Qual a sua estrutura, os componentes básicos, entre outros. Mas pelos vistos as pessoas que me escrevem nas redes sociais não o fizeram. Ao enviar uma mensagem para alguém desconhecido, uma entidade, etc., há uma certa norma a seguir. Iniciar a mensagem com uma saudação, explicar a intenção, sei lá, aquelas coisas básicas, estão a perceber? Porém eu recebo mensagens que dizem "Preço para 2 noites, com peq. almoço, 2 pessoas". Assim, sem mais nem menos. Ou melhor ainda, mensagens que somente dizem "PREÇO". Sinto quase que acabei de acordar ao lado daquelas pessoas, toda a vida as conheci, daí dispensarmos o tradicional "Bom dia" e "Obrigado". Gosto também daquelas pessoas que escrevem estas mensagens mas como comentário em publicações. Como quem diz "Tu que estás aí a escrever isto, faz o teu trabalho e diz-me o preço para 2 pessoas com pequeno almoço, entre 20 e 24 de julho neste hotel, que é para isso que te pagam". As pessoas que fazem isto são as mesmas pessoas que não levantam os tabuleiros na restauração dos centros comerciais para "não tirarem o trabalho a ninguém". 

 

  Como alguém que está do outro lado, garanto-vos que a vossa mensagem será muito melhor recebida se tiverem algum respeito e atenção para com a pessoa que vos vai dar a informação que querem. As mensagens nas redes sociais não são telegramas, têm caracteres à farta para a saudação e até para todos os P.S.s do mundo. Pela felicidade de todos os gestores de redes sociais deste mundo, sejam tão bem educados no mundo virtual quanto o são no real. 

 

(Se são sempre mal educados, tenho pena de vocês.)

(Este post também se aplica à boa educação para todos que vos prestam serviços, desde a caixa de supermercado ao carteiro.)

 

2 comentários

Comentar post