Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Valentine

um blog indefinido e mesclado como só ele sabe ser

Happiness is a warm gun

Recebi a visita de uma amiga chamada Marta. A Marta tem muito para dizer e, pelos vistos, conhece-me tão bem. Em tanto tempo de blogs, nunca tinha recebido hate mail e, verdade seja dita, começava a sentir-me diferente dos demais. Mas esse dia chegou e heis o aclamadíssimo: 

 

"É tão estúpido estares no 12º ano, teres quase ou se calhar até já 18 anos e ainda não conseguires respeitar os gostos, as preferências das outras pessoas e de que estas podem diferir das tuas. Nem toda a gente pode amar Beatles e Janis Joplin , o mundo é gigante, há espaço para gostos diferentes. Perdes respeito por uma escolha musical? Significa que primeiro precisas de definir muito bem o conceito de respeito e a base de fundamento da opinião sobre os outros. E o título é a cereja no topo do bolo. Porque apesar de "gay" não ser um insulto, a ideia que transmites é mesmo essa. Acho que deverias saber que a Janis Joplin era bissexual , por exemplo. Será que alguma vez vamos ver um título do teu blog a insulta-la? Claro que nao. Mas a questão que quero mesmo enfatizar nem é a homofobia, mas sim o facto de que deverias respeitar mais os outros e as suas preferências assim como certamente gostas que os outros tambem respeitem as tuas. E não, eu nem sequer gosto de One Direction , pouco ou nada me dizem. Até partilho dos teus gostos musicais. Cumprimentos"

 

Marta, o que poderei eu responder a isto? Não sei, deixaste-me sem palavras. Tiraste tantas conclusões de um post que tinha tanto de estúpido como de inteligente. O facto de o título incluir a palavra "gay" vem de uma piada que segue assim "How do 5 gays walk together? In one direction", o chamado humor negro. Serás familiar com ele? Mas no fim de isto tudo, questiono-me: se não gostas de One Direction, nem me conheces a ponto de saberes em que se estabelece o meu conceito de respeito, porque perdeste tempo a insultar-me? Parece-me demasiado esforço para uma causa tão pequena. Com todo o respeito, claro. 

2 comentários

Comentar post