Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Valentine

um blog indefinido e mesclado como só ele sabe ser

as aventuras do meu gato

Hoje fui dar com o meu gato a tentar comer um pássaro. Quando cheguei perto dele, ainda o pássaro cantava, por isso desatei à chapada com o gato. Ele foi palmadas na cabeça, puxões de rabo, tudo, e ele nada. Até que lá consegui que deixasse o pássaro voar, mas o esperto vá de ir atrás do gato, e foi aí que a minha irmã mais nova entrou em cena. Parecíamos 2 malucas a gritar, cada uma por seu lado, e a chorar quase, tal não era o desespero. A minha irmã deu de heroína, arrancou o gato daquele cenário, e, às minhas ordens, pimba, gato dentro da piscina. Se tive pena do gato? Não, também merece um castigo de vez em quando. O pássaro felizmente sobreviveu. (com uma vida tão interessante, nem sei como é que não me convidam também para escrever uma coluna de jornal)

 

5 comentários

Comentar post