Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Valentine

um blog indefinido e mesclado como só ele sabe ser

enterrado nos confins do baú

Amor, esse senhor traiçoeiro.
Salteador de terras roubadas.
Para desaparecer entre o nevoeiro,
E consigo, fantasias guardadas.

Fantasias de quem não dorme de tanto querer,
Horas e horas a pé, no calor sufocante.
Coberta por mantos, encolhida, a tremer,
Por um dia ter amado quem não nasceu para amante.