Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Valentine

um blog indefinido e mesclado como só ele sabe ser

E ainda me perguntam porquê...

  É das perguntas mais frequentes que me fazem, o porquê de preferir ler livros em inglês. Para já, não há nada que substitua o belo do original, logo aí tenho um argumento muito válido, e, tendo em conta que infelizmente não nasci com o rabo virado para a lua, ler em inglês sai muito mais em conta financeiramente. Nem sequer me vou debruçar sobre o quão triste isso é vivendo em Portugal e gostando imenso da minha língua materna. 

  Como pequeno exemplo, "The Goldfinch" da Donna Tartt, vencedor de um prémio Pulitzer e livro muito badalado nas redes sociais literárias. Comprei-o mais ou menos a meio de Julho por 13€ em inglês, o que para mim até excede um pouco o meu limite financeiro dado que boas obras a menos de 10€ são relativamente fáceis de encontrar. Mas aquele estava a gritar por mim e tive de o levar comigo imediatamente. Passado uma semana de tal compra, voltei à Fnac e deparei-me com a tradução do mesmo livro. Uma coisa gigante, capa dura, um absurdo, visto que o meu pocket size e paper back tinha exactamente a mesma história. Mais absurdo ainda era o preço. 28€ (!!!) era o que a Fnac pedia pelo mesmo livro que eu tinha comprado por menos 15€. 

  Por isso, não me perguntem porque é que eu leio em inglês e comecem a fazer o mesmo. A carteira agradece e a estante fica mais recheada. 

1 comentário

Comentar post