Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Devia pensar menos nisto

por Jules, em 29.07.13

Ultimamente, a minha cabeça tem andado inundada de sentimentos e incertezas da pior natureza possível. Dou por mim e só consigo pensar que quero estar com ele, mais do que qualquer outra coisa, because we just work, mas sei que temos um prazo, que eu vou embora daqui a uns meses e não queria deixar pontas soltas. Não sei o que fazer comigo. Se até agora estar com ele casualmente me parecia a coisa certa a fazer, cada vez mais quero só estar com ele e aproveitar o tempo que temos. Só quero esvaziar a cabeça.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Consumismo, o meu melhor amigo.

por Jules, em 29.07.13

Tão apaixonada pelas minhas bebés novas.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Constatações de quem está com um pé lá e outro cá

por Jules, em 28.07.13

 

É quando estás prester a deixar a tua "casa" que te apercebes bem de quem são as pessoas com quem podes contar e que te querem bem. Creio que nunca tive momentos tão elucidativos como aqueles que passo a pensar em quem vou deixar por cá e gostava de levar comigo. Apanho algumas desilusões, ganho outras felicidades. Tudo é um processo que me aguarda na meta desta corrida ansiosa que termina em Setembro.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Mudança de link

por Jules, em 28.07.13

Com esta nova possibilidade do Sapo, aviso aos meus queridíssimos seguidores que irei adoptar o Valentine no link também, sendo que o link passará a ser www.valentinebyjules.blogs.sapo.pt. Nunca pensei que este nome do blog fosse definitivo, mas afeiçoei-me a ele e realmente já cá está há tanto tempo que seria só parvo mudá-lo. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:21

A saga de encontrar casas

por Jules, em 22.07.13

Ultimamente, ganhei um novo hobby: explorar o OLX à procura de casas em Lisboa. Durante esse processo, passei de procurar casa para mim e outra rapariga, para procurar casa para mim e dois rapazes. Mais um e eu era a New Girl. É um hobby chato, complicado e doloroso porque me apaixono sempre por casas que não posso ter e a  minha noção de zonas de Lisboa é zero-zerinho (o meu pai imprimiu-me as linhas do metro para eu estudar e tudo, não brinquem). Acuse-se qualquer outra alminha que esteja na mesma situação que eu e pede-se aos seguidores religiosos que tenham a minha pobre alminha em conta nas orações pelas causas perdidas.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Jules, a Ingrata.

por Jules, em 17.07.13

Tenho recebido tantos comentários de pessoas tão queridas, fico com o coração nas mãos de ver que há pessoas que lêem este blog, perdem tempo com as minhas divagações. Tenho andado super cansada do trabalho, venho só ler e cago. Mas leio todos e fico com o coração mesmo muito quente. Obrigada!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Trabalhar no verão

por Jules, em 15.07.13

É a maneira ideal de perder peso, fazer dieta e ficar sem vida social. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

No longer a high schooler

por Jules, em 12.07.13

Com um 18 a Inglês, um 14 a História A e um 15 a Português, dou por encerrado o meu secundário. Grandes memórias, grandes professores, grandes amigos, grandes amores! Nem vou entrar numa de nostalgia senão é sempre a descambar. Today is a happy day, after all!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Planos furados

por Jules, em 11.07.13

Todos os planos que fiz para o meu querido verão, o derradeiro verão antes da universidade, saíram furados. Mas furados com uma pinta descomunal. Nada parece bater certo, e, quando bate, é porque não falta muito para a queda. Por favor, tirem-me desta vida que decerto não é a minha, deve ter sido trocada com alguma bipolar depressiva. Eu só quero descanso para mim e para os meus amigos. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

O meu guilty pleasure

por Jules, em 05.07.13

Escolher um guilty pleasure sobre que escrever foi complicado, porque eu devo ser a pessoa que mais guilty pleasures tem. De Pitbull a Morangos com Açúcar no Panda Biggs, you name it. Basicamente, decidi escolher o homem que em todos os verões da minha adolescência me proporcionou uma música para ouvir em repeat (cheguei a filmar um vídeo a dançar a "can you hear me" ainda deus andava pela terra). Cresci a ouvir o pai dele a berrar em espanhol cá por casa, algo de bom teria de advir desse infortúnio. Se pudesse, casava-me com este homem e bailavamos a vida inteira. É o homem em que, com poucas excepções, todos os videoclips são numa discoteca cheia à procura de uma rapariga gira. Mas depois faz-me vídeos encostado a um bar, de fato, a cantar palavras bonitas. É de admirar a confiança que tem na sua virilidade, não é qualquer um que assume ao mundo que tem um pénis pequeno! (Resta saber se é pequenino e trabalhador...) Acho que é óbvio de quem estou a falar. Ai Enrique, noutra vida, formamos uma família feliz!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

subscrever feeds