Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Valentine

um blog indefinido e mesclado como só ele sabe ser

O meu guilty pleasure

Escolher um guilty pleasure sobre que escrever foi complicado, porque eu devo ser a pessoa que mais guilty pleasures tem. De Pitbull a Morangos com Açúcar no Panda Biggs, you name it. Basicamente, decidi escolher o homem que em todos os verões da minha adolescência me proporcionou uma música para ouvir em repeat (cheguei a filmar um vídeo a dançar a "can you hear me" ainda deus andava pela terra). Cresci a ouvir o pai dele a berrar em espanhol cá por casa, algo de bom teria de advir desse infortúnio. Se pudesse, casava-me com este homem e bailavamos a vida inteira. É o homem em que, com poucas excepções, todos os videoclips são numa discoteca cheia à procura de uma rapariga gira. Mas depois faz-me vídeos encostado a um bar, de fato, a cantar palavras bonitas. É de admirar a confiança que tem na sua virilidade, não é qualquer um que assume ao mundo que tem um pénis pequeno! (Resta saber se é pequenino e trabalhador...) Acho que é óbvio de quem estou a falar. Ai Enrique, noutra vida, formamos uma família feliz!

 

3 comentários

Comentar post